Entrevista coletiva com Morena Baccarin – o Guia esteve lá!

Entrevista coletiva com Morena Baccarin – o Guia esteve lá!

14 178

Com o intuito de promover o seriado V no Brasil, o Warner Channel realizou hoje uma entrevista coletiva com Morena Baccarin, a Anna, líder dos Visitantes, no seriado. Toda a agitação deste evento começou em torno de há 2 semanas atrás, quando surgiu a notícia de que a atriz viria ao Brasil. Na semana passada, diversos meios de comunicação receberam o convite para participar do evento, e eu tive a chance de representar o Guia neste evento único. Farei uma descrição do evento, e o que estiver em negrito são meus comentários.

O evento começou com a palavra da moderadora, a gerente de marketing do Warner Channel, Natalia Máximo. Após explicar como funcionaria a entrevista a palavra foi passada para dois executivos da WBLA (Warner Bros Latino America) que comentaram a respeito dos bons números de V tanto no Brasil quanto em outros países da América Latina. De acordo com o que foi informado, em sua estréia no Brasil, V teve a melhor audiência da TV paga. E não apenas isto, a audiência se manteve superior a qualquer outro dia naquela semana e a qualquer outra premiere já exibida no país. Além disto, os executivos comentaram que V “funciona” muito bem nos EUA, e que este resultado se repete na América Latina (AL). Sabemos que isso não é bem uma verdade, os números da audiência de V não estão tão bons como os executivos gostariam que estivessem, prova disto é a possibilidade do cancelamento, além do fato de V estar concorrendo com Flash Forward pela renovação. Tenham em mente que diversas séries já foram renovadas para a próxima temporada extra-oficialmente, o que não é o caso de V. Além disto, mesmo que a série tenha uma ótima audiência no Brasil e demais países da AL isso pouco importa aos executivos dos canais americanos quando tomam a decisão do que renovar.

Em seguida, foi passado um vídeo promocional em que a Anna pede para que todos os aparelhos de comunicação humana fossem desligado, dizendo que não era permitido enviar mensagens de textos (estávamos a uns 5 andares abaixo do solo do Hotel Tivole, sem wi-fi e sem sinal de celular), e que pais deveriam retirar suas crianças que estivessem chorando para o lobby. Este vídeo foi utilizado para divulgação do seriado em cinemas. Imediatamente após começou o vídeo promocional da série, com cenas do piloto. Quem quiser conferir o vídeo que a Clara gravou (que está melhor do que o meu) é esse abaixo. Acredito que a promo já tenha sido vista por muitos. Vale mais pela abertura.

E assim que acabou a transmissão do vídeo, a grande estrela do evento foi anunciada e entrou no salão. Fez pose para algumas fotos, e logo já assumiu seu lugar. Juntamente com o Michel Arouca, do Série Maníacos, e a Maria Clara Lima, do TeleSéries, sentamos na primeira fileira de cadeiras, de frente para a Morena, a menos de 2 metros de distância. O esquema da entrevista funcionou de maneira bastante simples, os convidados poderiam fazer perguntas a vontade durante o tempo reservado para tal, perguntas que envolvessem o futuro da série deveriam ser evitadas, por questões contratuais da atriz com a produção. O ponto principal era não comentar os episódio futuros em relação ao que já foi exibido no Warner Channel, que foram apenas os 3 primeiros episódios. Ou seja, quem acompanha o seriado pelo calendário americano, e baixa para assistir se fez de cego, surdo e mudo. Para todos os efeitos todos ali estavam de fato acompanhando pela tv paga, ainda que o seriado tenha demorado mais de 5 meses para estrear por aqui.

Com a sessão de perguntas abertas, o pessoal se esbaldou, abaixo seguem algumas das perguntas feitas. Novamente, meus comentários estão em negrito.

P: Quantos episódios já foram gravados? Quantos episódios terá a temporada? Como é o ritmo das gravações?
R: A princípio foram gravados apenas 4 episódios, aqueles que foram exibidos ano passado. Dependendo da audiência e da aceitação do público à pesada divulgação que foi feita a série ganharia, ou não, mais episódios. Como nós sabemos, a série ganhou mais episódios, mais 8, o que dá um total de 12 episódios para esta primeira temporada. Segundo Morena o ritmo das gravações é bastante intenso, cada episódio gasta em torno de 8 dias para ser gravado e muitas vezes os atores recebem o roteiro minutos antes da gravação.

P: Qual comparação pode ser feita com o seriado original, da década de 80? Chegou a assistir novamente para compor o personagem?
R: Morena disse que havia assistido ao seriado original quando criança apenas, e que se lembra de ficar assustada e com medo dos visitantes. Ela não tornou a assistir, para interpretar na série, para não ser influenciada, e tentar algo original e convincente.

P: Como funcionam os cenários?
R: Como Anna passa a maior parte do tempo na nave todo o cenário é composto digitalmente, então todas as gravações que não sejam externas (que foram bem poucas) são feitas em green screen, ou seja, não há cenário na verdade, o que segundo ela acaba tornando o trabalho mais difícil. Isso ocorre pela falta de interação com o ambiente.

P: A atriz irá se dublar para os episódios brasileiros?
R: Esta pergunta foi feita pois durante toda a entrevista Morena falou apenas em português, observem que no vídeo em que ela pede para que os telefones sejam desligados não é dublagem, e sim ela mesma falando. Ainda, no piloto, quando mostra ela falando em português também é realmente ela falando, o sotaque dela é carioca. Ela havia sido consultada pela Warner Home Entertainment para realizar a dublagem de sua personagem para o box brasileiro, contudo devido a incompatibilidade de agendas (dela e do lançamento do box) a dublagem não será possível.

Foi esclarecido pelas representantes da Warner Home Entertainment que o box será lançado em DVD e Blu-Ray.

Morena fez um comentário, ao responder uma pergunta, sobre a atualidade da série, enquanto a série original tratava temas como guerra fria e nazismo, o remake trata temas como saúde, pobreza, energia, terrorismo, entre outros.

P: Com base neste comentário, serão intensificadas as ações terroristas, por conta da Quinta Coluna, até o final da temporada e também numa possível próxima temporada? (eu fiz a pergunta)
R: Sim, o terrorismo ficará bastante intensificado, a intenção dos roteirista é apresentar uma guerra entre os V’s e os humanos (e V’s rebeldes), a princípio representados pela Quinta Coluna.

P: O que Morena faz para manter a forma?
R: Ioga e caminhada.

P: Quais seriados assiste? (agradecimento à Clara pela ótima pergunta!)
R: The Big Bang Theory, Modern Family, Dexter, Family Guy.

P: Teve a oportunidade de trabalhar com alguém que considera como ídolo?
R: Sim, Morena trabalhou na peça A Gaivota, com Maryl Streep, substituindo Natalie Portman. Segundo ela, o melhor momento foi ao final, quando Maryl segurou em seu rosto e pediu a Deus que lhe protegesse, pois os substitutos estavam atuando melhor do que os atores de fato.

P: O que acha de estar interpretando o maior vilão de Hollywood desde Darth Vader? (pergunta do Michel)
R: É divertido interpretar vilões, tem-se mais liberdade com o personagem apesar de todo o auto-controle de Anna.

Aproveitei a oportunidade e fiz mais uma pergunta, como fiquei um pouco inconformado com a história do John May, apresentada em episódio homônimo (1×07), tentei conseguir mais alguma coisa.

P: Fala-se bastante a respeito de John May e sua influência sobre a Quinta Coluna. O personagem será melhor explicado até o fim temporada?
R: Sim, haverá um episódio que mostrará a vida de John May, porque ele é considerado ícone, sua família e outros aspectos. Ela até chegou a comentar alguns detalhes, mas aqueles que já haviam assistido ao episódio perceberam que tudo o que foi falado foi a respeito apenas a este episódio, então é provável que a história do John May não volte a ser trabalhada nesta temporada.

P: O que achou do elenco?
R: Gostou bastante quando soube da participação de Elizabeth Mitchell (Lost), que assim como ela já é uma atriz bastante conhecida do mundo da ficção. Contudo as duas não trabalham juntas, uma vez que representam opostos, mas que haverá o choque entre mães até o final da temporada.

Essas foram as perguntas que considerei mais interessantes, tiveram diversas outras perguntas a respeito de sua participação em filmes brasileiros, e principalmente em novelas. No ponto de novelas, um destaque ao irritante Daniel Castro do R7 (o R7 está para a Record assim como o G1 está para a Globo) que ficou fazendo perguntas estapafurdias sobre a participação da atriz em novelas. A atriz disse que foi consultada pela direção de elenco da Globo para participar da novela Belíssima, mas que não havia compatibilidade de agendas. Ficou claro que o evento era para a promoção do seriado, e não para que o Sr. Castro nos fizesse aturar suas perguntas (sim, foi mais de uma pergunta, umas 4 na verdade) off-topic sem cabimento. A alienação de certos reporteres de profissão foi tamanha que mais de uma vez o nome da atriz foi confundido com o da personagem.

Já próximo ao final, foi pedido à atriz que desse uma piscada como a Anna faz, mas ela disse que não poderia fazê-lo por questões contratuais. Em seguida posou novamente para fotos, chamou sua mãe para participar das fotos e, assim que os fotógrafos terminaram, o cara-de-pau (no bom sentido) do Michel Arouca pediu para tirar uma foto com ela, foto essa tirada por mim.

O evento todo foi excelente, tiro o chapéu à equipe de marketing do Warner Channel. Desde já agradeço ao Javier Fierro pela atenção. Todos os presentes ganharam camiseta e um caderno de anotações, tipo uma agenda. A Morena foi muito simpática, sorridente e respondeu a todas as perguntas feitas. Foi muito legal ficar ali frente a frente com ela.

Após o encerramento, aproveitamos a oportunidade para conhecer as representantes da Warner Home Entertainment, e posso adiantar algo que muitos irão gostar: campanhas de True Blood vem aí!!

Confiram abaixo o rápido videocast que fizemos ao final.

Mais dois vídeos, feitos pela câmera da Clara:

Para terminar, leiam o que o Michel Arouca escreveu no Série Maníacos aqui! E algumas das fotos que tirei.




14 COMMENTS

  1. Como bem lembrou o Michel em seu texto, a entrevista será passada no Warner Channel, provavelmente durante os comerciais, no Inside the Series.

    Além disso, Morena foi gravar no Programa do Jô ontem. Ainda não há previsão de quando irá ao ar, mas assim que souber de algo informo.

  2. Quando a série estreiou fez media de 9/10 milhões nos 4 primeiro episódios, depois veio aquele hiatus tosco que o proprio canal forçou (preferia que eles tivessem deixado pra estreiar a série só esse ano), então acho que eles tem consciência de que esse hiatus é o grande culpa pela baixa audiência, então acho que eles estão levando isso em consideração quando dizem que os números estão bons.

  3. Uau, parabéns ao TB pela excelente matéria e cobertura do evento! Show mesmo!

    E claro, morrendo de inveja de vc por participar do evento e ver de pertinho esse absurdo de mulher que é a Morena…

  4. Nós descobrimos lá que apenas 50 pessoas, de diversas mídias, foram convidadas. O Javier comentou no email comigo que o evento seria bastante restrito, e foi mesmo!!

  5. Coloquei mais duas fotos no final, dos brindes. A que tem formato de triângulo é a camiseta.

  6. Pena ninguém ter perguntado sobre a entrevista q ela deu ao The View falando mal do Brasil.

  7. Dizer que estou com inveja é redundante [2]

    Ótimo post TB, parabéns! =D

  8. A entrevista no Programa do Jo será exibida na próxima 6ªf., 30/4. Será a primeira entrevista da noite.

Vamos trocar comentários?